Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Simulação
Visa e Master 3x sem juros

EMPRESA

Em 1954 Motoya Yoshimura, Paulo Okamoto e o irmão Satiro Okamoto resolveram adquirir 4 ônibus para operar na linha Maringá à Cruzeiro do Oeste no Paraná, nascia então o Expresso Maringá Ltda. Eram poucos mais de 150 km de muita poeira e barro, passando pela cidade de Cianorte. Mais tarde (1956) o Expresso Maringá teve um novo ânimo com a entrada da família Maruiti no controle acionário, o que possibilitou graças a um acordo, a inclusão da cidade de Campo Mourão.
 
Nascia então a segunda linha do Expresso Maringá, sempre acompanhando a abertura de novas frentes agrícolas no estado do Paraná, mesmo porque era grande o número de lavouras de café na região que se formavam.
Outro dado curioso é que nesta época uma viagem Maringá/Campo Mourão, pouco mais de 90 km, era possível ser feita com no mínimo 05 horas de duração, hoje esta mesma viagem não passa de 01 hora e 15 minutos.
 
Ainda na década de 60, o Expresso Maringá começou operar na linha Londrina, a capital do café, à Umuarama, na região oeste do estado: Londrina/Cascavel, Londrina/Foz do Iguaçu, Londrina/Guaíra, sempre passando por Rolândia, Arapongas, Apucarana e Maringá. Em 1974 o Expresso Maringá começou a ligar Umuarama à capital do estado-Curitiba.
 
Em 1975 aconteceu um dos grandes saltos da empresa, o Expresso Maringá adquiriu a empresa Viação Asa Branca de Paranavai-PR. Esta empresa, por sua vez, detinha uma linha Paranavaí à Dourados no Mato Grosso do Sul, e somando o que o Expresso Maringá já possuía, as linhas começaram a se estender.
 
Em Abril de 2000 optaram por vender a empresa, foi então que a nova direção, com um vasto conhecimento em transporte rodoviário, fez um grande investimento na frota, mudando inclusive o layout, ou seja, os ônibus passaram a ter uma nova cara.
 
A partir de então, acompanhando a evolução natural, o Expresso Maringá passou a eleger prioridades para melhor atender os passageiros, como: modernos carros, com ar-condicionado, poltronas anatômicas, serviço de bar, som, vídeo, apoios para as pernas, enfim, ônibus equipados com o que há de melhor.